Aug 22
Notícias de Angola | Informação Actualizada. Saiba mais
Gaza e Inhambane estarão às escuras no domingo As províncias de Gaza e Inhambane ficarão privadas de energia eléctrica no domingo, na sequência de uma vandalização de uma torre de corrente eléctrica no distrito de Manhiça, na província de Maputo. O apagã PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por kamba de almeida   
Sábado, 09 Agosto 2014 17:03

Vandalização de uma torre

Gaza e Inhambaneestarão às escuras no domingo

As províncias de Gaza e Inhambane ficarão privadas de energia eléctrica no domingo, na sequência de uma vandalização de uma torre de corrente eléctrica no distrito de Manhiça, na província de Maputo. O apagão será para dar espaço aos trabalhos de reparação da torre alta tensão.

Celso Saete, responsável pela divisão de transporte de energia na província de Maputo, da empresa EDM, explicou a torre em causa terá sofrido um embate de uma viatura, provocando uma problemas graves que precisam de uma intervenção pontual. “Não intervindo, teríamos problemas num futuro breve, das duas torres adjacentes. Uma da frente e outra de trás”, explicou.

O corte de energia deverá acontecer entre 6 e 16 horas e a empresa Electricidade de Moçambique estima que sejam afectadas cerca de 120 mil consumidores.

A torre em causa faz parte da linha de alta tensão que transporta energia a partir da subestação de Infulene para as províncias de Gaza e Inhambane.

A sua reparação vai custar cerca de um milhão de meticais.

Na mesma ocasião Saete queixou-se de existência de alegados grupos que têm estado a vandalizar as torres da EDM sobretudo na província de Maputo. Em 2013, a EDM investiu mais de 10 milhões de meticais para a reparação de danos causados pela vandalização.

Recorde-se semana passada, a zona sul do país ficou uma manha inteira sem corrente eléctrica devido a problemas registados na subestação do Infulene, em Maputo

 
“Caso espionagem dos EUA” O ex-analista de inteligência americano e prestador de serviço na Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA) Edward Snowden, procurado pelos EUA por reportar segredos sobre programas de monitoramento electrónico, rece PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por kamba de almeida   
Sábado, 09 Agosto 2014 16:59

Snowden na Rússia por 3 anos

“Caso espionagem dos EUA” O ex-analista de inteligência americano e prestador de serviço na Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos (NSA) Edward Snowden, procurado pelos EUA por reportar segredos sobre programas de monitoramento electrónico, recebeu permissão de residência de três anos na Rússia, disse o seu advogado russo esta quinta-feira.

A decisão foi tomada num momento em que as relações de Moscovo com o Ocidente estão no estágio mais tenso desde a Guerra Fria, especialmente devido às acções da Rússia na Ucrânia. Além disso, os russos embargaram certas importações de alimentos dos EUA, da União Europeia, da Austrália, do Canadá e da Noruega, esta quinta-feira, em resposta às sanções ocidentais.

“A decisão sobre o pedido foi aceite. assim, com efeito a partir de 1º de agosto de 2014, Edward Snowden recebeu uma permissão residencial de três anos”, disse Anatoly Kucherena.

“No futuro, o próprio Edward tomará a decisão sobre se ficará e vai requerer cidadania russa ou irá para os Estados Unidos”, acrescentou Kucherena,

O advogado disse que Snowden pode requerer a cidadania em 2018, após morar na Rússia por cinco anos, mas acrescentou que o norte-americano ainda não decidiu se quererá ficar ou ir embora.

Entretanto, o porta-voz do Conselho de Segurança da Casa Branca, Ned Price, disse que Snowden precisava de retornar aos EUA e enfrentar acusações relacionadas com o vazamento de informação.

“O sr. Snowden enfrenta acusações aqui nos Estados Unidos. Ele deve retornar aos EUA assim que possível, onde será submetido a todo o processo devido”, referiu.

 
Hóquei em patins O misto de hóquei em patins de Maputo estreia-se diante da selecção sub-20 da Espanha, durante o Torneio Internacional Zé Du, a ter lugar de 20 a 24 de Agosto corrente, em Luanda, Angola. Depois de enfrentar os espanhóis, o misto de Mapu PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por kamba de almeida   
Sábado, 09 Agosto 2014 16:52

Misto de Maputo estreia-se diante da Espanha

Hóquei em patins

O misto de hóquei em patins de Maputo estreia-se diante da selecção sub-20 da Espanha, durante o Torneio Internacional Zé Du, a ter lugar de 20 a 24 de Agosto corrente, em Luanda, Angola. Depois de enfrentar os espanhóis, o misto de Maputo joga, a 21 de Agosto, diante do Sporting de Portugal, conjunto que ocupou a nona posição na última edição do campeonato português de hóquei em patins. Curiosamente, o Sporting de Portugal é o clube onde evolui Igor Alves, guarda-redes da selecção nacional de hóquei em patins. E no dia 22 de Agosto, o conjunto orientado por Pedro Tivane  terá pela frente o 1º de Agosto de Angola.

Já no grupo “A”, teremos as formações da Académica de Luanda, Juventude de Viana de Angola, Talleres da Argentina e Associação Portuguesa de Pretória.

Neste momento, o misto de Maputo acelera a sua preparação tendo em vista a participação no certame, com a realização de duas sessões de treinos/semana, no pavilhão do Estrela Vermelha. Nesta etapa, Pedro Tivane, seleccionador nacional-adjunto e que vai comandar a equipa, trabalha nos aspectos táctico-técnicos. Tivane tem estado a trabalhar com 10 jogadores, nomeadamente, Spiros Esculudes, José Wilson Sigalette, Mercê Mungoi, Ivan Esculudes, Kevin Pimentel, Momed Buanar e Lucas Cossa (Estrela Vermelha); Bruno Pimentel e Arnaldo Queiroz (Desportivo); Nelson Miquissene e Samuel António (Ferroviário de Maputo).

Lembre-se que, ano passado, a prova teve como vencedor a selecção de Angola, que, na final, derrotou a equipa espanhola do Liceo de La Corunha, por 3-0, numa partida realizada em Malange. Os  golos de Angola  foram marcados por João Pinto (dois) e Johe. O torneio Zé Du, alusivo ao aniversário do presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, foi disputado no pavilhão Palanca Negra Gigante, construído de raiz e com capacidade para 3.000 espectadores.

A primeira edição do torneio foi disputada em 1994 e o vencedor foi a equipa do Enama de Viana.

 
Jay Z e Beyoncé Se por um lado aumentam os rumores sobre uma possível separação da cantora Beyoncé e do rapper Jay Z, por outro, a fortuna do casal também aumenta. Com a digressão “On the run”, os dois já arrecadaram mais de 100 milhões de dólares só de PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por kamba de almeida   
Sábado, 09 Agosto 2014 16:44

Jay Z e Beyoncé ganham 100 milhões dólares em concertos

Jay Z e Beyoncé

Se por um lado aumentam os rumores sobre uma possível separação da cantora Beyoncé e do rapper Jay Z, por outro, a fortuna do casal também aumenta. Com a digressão “On the run”, os dois já arrecadaram mais de 100 milhões de dólares só de bilheteria.

De acordo com a revista Billboard, cada performance custa 4 milhões de dólares por apresentação, mas os ganhos giram em torno de 5 milhões de dólares só com a venda de ingressos. Cada apresentação teve uma média de 45 mil pessoas, com cerca de 90% dos lugares vendidos.

Após a temporada americana, a digressão seguirá para Paris. Na capital francesa, serão realizados dois shows, a 12 e 13 de Setembro, e um especial para HBO, que encerra as apresentações de “On the run”.

Se os números vão bem, Beyoncé e Jay Z têm suado para contornar as notícias de crise no seu casamento, formalizado em 2008, que tem como fruto uma filha, Blue Ivy, de dois anos de idade. O episódio mais crítico foi quando Solange, irmã da cantora, deu uma bofetada no rapper durante uma discussão no elevador de um hotel em Nova Iorque.

A digressão do casal, nos Estados Unidos, ainda foi parar nas páginas policiais, depois de haver brigas na plateia e a prisão de um homem que arrancou pedaço do dedo de um outro.

 
Jay Z e Beyoncé Se por um lado aumentam os rumores sobre uma possível separação da cantora Beyoncé e do rapper Jay Z, por outro, a fortuna do casal também aumenta. Com a digressão “On the run”, os dois já arrecadaram mais de 100 milhões de dólares só de PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por kamba de almeida   
Sexta, 08 Agosto 2014 11:48

Jay Z e Beyoncé ganham 100 milhões dólares em concertos

Jay Z e Beyoncé

Se por um lado aumentam os rumores sobre uma possível separação da cantora Beyoncé e do rapper Jay Z, por outro, a fortuna do casal também aumenta. Com a digressão “On the run”, os dois já arrecadaram mais de 100 milhões de dólares só de bilheteria.

De acordo com a revista Billboard, cada performance custa 4 milhões de dólares por apresentação, mas os ganhos giram em torno de 5 milhões de dólares só com a venda de ingressos. Cada apresentação teve uma média de 45 mil pessoas, com cerca de 90% dos lugares vendidos.

Após a temporada americana, a digressão seguirá para Paris. Na capital francesa, serão realizados dois shows, a 12 e 13 de Setembro, e um especial para HBO, que encerra as apresentações de “On the run”.

Se os números vão bem, Beyoncé e Jay Z têm suado para contornar as notícias de crise no seu casamento, formalizado em 2008, que tem como fruto uma filha, Blue Ivy, de dois anos de idade. O episódio mais crítico foi quando Solange, irmã da cantora, deu uma bofetada no rapper durante uma discussão no elevador de um hotel em Nova Iorque.

A digressão do casal, nos Estados Unidos, ainda foi parar nas páginas policiais, depois de haver brigas na plateia e a prisão de um homem que arrancou pedaço do dedo de um outro.

 


Página 7 de 528